O boleto bancário é uma das formas preferidas do brasileiro para fazer pagamentos pela internet. Afinal, nem todas as pessoas se sentem seguras em fornecer seus dados de cartão de crédito. Por isso, é importante que uma empresa ofereça essa alternativa de pagamento a seus clientes.

Porém, o boleto tem seus inconvenientes. As taxas para emissão são altas e variam de acordo com o banco. Além disso, gerenciar os boletos pagos, atrasados e vencidos exige tempo. Mas algumas empresas têm encontrado uma maneira mais fácil e barata para emitir boletos. É o caso da Webdigi, agência de marketing digital, que passou a contar com a ferramenta da F2b para gerenciar seus pagamentos.

“Começamos a usar a F2b em 2016, após descobrir que a ferramenta permite criar boletos e cobranças facilmente. Trabalhávamos com boleto do banco e os custos foram o principal diferencial para a migração. Além disso, contamos com diversos recursos como envio de SMS e reenvio de cobrança. Tudo de forma simples e prática.” explica Hugo Cavallari, fundador da WebDigi.

A Webdigi encontrou na ferramenta da F2b uma oportunidade para reduzir custos e facilitar a gestão financeira de seus mais de 50 clientes.

 

Mudanças na emissão do boleto

A partir deste ano, com a nova Plataforma de Cobrança criada pela Febraban, todos os boletos deverão ser registrados com o CPF ou CNPJ do pagador. De olho nessa novidade, a equipe da F2b já fez as adaptações necessárias para garantir a emissão de boletos registrados com baixo custo e segurança. Entre em contato com nossos especialistas para saber mais sobre a ferramenta de cobrança e comece a economizar.