Antes de iniciar sua operação, uma empresa deve ter bem definido o seu Plano de Negócios. Este documento, também conhecido como Business Plan, é fundamental para orientar o empreendedor sobre o seu negócio. A importância deste documento pode ser comparada a de uma planta para um arquiteto, reunindo todas as informações necessárias para a construção de determinada obra.

Já o Planejamento Estratégico é um documento essencial para dar sequência à empresa, ele define desafios, oportunidades, ações e metas para curto, médio e longo prazo. Confira abaixo a importância de cada uma destas ferramentas e preste atenção em algumas dicas de como elaborá-las.

 

Plano de Negócios

Além de organizar as ideias de um novo negócio, o Plano deve demonstrar ao empresário a viabilidade do projeto. Para começar, descreva seu negócio, seu ramo de atividade, seu público-alvo e seus concorrentes. Informações de mercado e tendências são essenciais nesta fase de concepção.

Descreva seu processo de produção, quem serão seus fornecedores e o que cada um da sua equipe fará. Identifique as potencialidades e as fraquezas da operação. Mapeie todos os seus pontos de contato com o cliente e descreva como será feito o atendimento.

Faça uma minuciosa análise financeira, do investimento necessário e do retorno previsto. Garanta que estas projeções sejam factíveis.

Se for necessário, contrate uma consultoria para te dar o suporte neste documento porque, a partir de um Plano de Negócios bem feito, empresas conseguem captar investimento e atrair sócios.

 

Planejamento Estratégico

Enquanto o Plano de Negócios tem o objetivo de sustentar a idealização de um projeto, o Planejamento Estratégico, por sua vez, visa orientar um negócio quanto ao seu crescimento e eficiência. Onde estará sua empresa daqui 5 anos? Quais investimentos e ações ela deve tomar para alcançar suas metas?

Um bom conselho para formular este material é reunir a equipe e pedir para que os funcionários avalie aspectos internos que possam influenciar o futuro da empresa. Para ouvir uma opinião externa, faça uma pesquisa com os clientes. Descubra assim, novas demandas e oportunidades. Desta maneira, é possível planejar o lançamento de um novo produto ou de uma funcionalidade. Não deixe de trazer neste material as tendências do mercado e possíveis novas tecnologias.

Para que o Planejamento Estratégico seja bem sucedido ele precisa ser executável, ou seja, traduzir as metas em ações táticas para atingi-las. Lembre-se que este é um documento cotidiano que deve ser monitorado de perto e que, a qualquer momento, pode ser revisado.

 

Dica F2b

Agora que você já sabe diferenciar Plano de Negócios e Planejamento Estratégico, que tal tirar aquela ideia do papel? Quer mais informações para construir seu Plano de Negócios? Dá uma olhada conteúdo criado pelo Sebrae: https://www.sebrae.com.br/sites/PortalSebrae/artigos/passo-a-passo-para-elaborar-o-plano-de-negocios-de-sua-empresa,d7296a2bd9ded410VgnVCM1000003b74010aRCRD