Não há como negar que hoje em dia passamos uma boa parte do nosso tempo no mundo virtual: Facebook, Instagram, Twitter, Snapchat, WhatsApp, Pokémon Go… A forma como nos relacionamos mudou, bem como nossos hábitos de consumo. Neste contexto, é inevitável que proprietários de micro e pequenas empresas se questionem sobre os meios de pagamento online e principalmente:

Preciso ter um e-commerce?

O comércio eletrônico é a compra e venda de produtos/serviços realizada através de plataformas eletrônicas como computadores, smartphones, tablets, smart TVs, etc. O comércio por meio da internet é a melhor forma de romper barreiras geográficas e alcançar consumidores em todos os lugares, não importa se o seu mercado é de massa ou nicho.

Como as pessoas estão cada vez mais conectadas – o grau de conectividade dos brasileiros é de 460, de acordo com os indicadores de um estudo da GfK*, enquanto a média global fica em 313 – as empresas identificaram no ambiente virtual uma oportunidade para aumentar suas vendas.

Então a resposta é: sua empresa não precisa ter um e-commerce, mas deveria.

guia para o sucesso dos empreendedores

Vendendo online sem complicações

Se já ficou preocupado porque não sabe se o seu site suporta uma loja virtual e está imaginando o trabalho que terá para levar seus produtos/serviços para a plataforma digital, nós temos uma boa notícia! Você não precisa criar uma estrutura do zero, pois existem empresas que inserem o seu negócio no comércio eletrônico de forma simples, rápida e segura.

As chamadas empresas de pagamento online possibilitam a gestão financeira das micro e pequenas empresas ao oferecerem um sistema completo de criação, administração e controle de cobranças. Mas algumas delas ainda oferecem algo a mais, a ferramenta “Carrinho”: através dela os clientes conseguem fazer compras diretamente no site da contratante, acrescentando seus pedidos ao carrinho de compras virtual.

Para utilizar a função, não é necessário ter conhecimentos em programação de websites, basta apenas entender um pouco da linguagem HTML. Caso você não esteja familiarizado, o desenvolvedor do seu site poderá inserir a ferramenta “Carrinho” em apenas alguns minutos, uma vez que o processo consiste somente na cópia e colagem de um código.

Pronto, agora você é também um empreendedor digital! Bons negócios!