Já parou para entender qual é o comportamento do seu consumidor e como isso é importante para a sua empresa? Reunimos algumas dicas para melhorar o seu relacionamento com os seus clientes e como utilizar ferramentas para auxiliá-lo com essa e outras questões vitais.

Quando se é um empreendedor, novos desafios são colocados diante de você e de seu negócio. Em diversas situações, pode ocorrer de se ter um produto ou serviço de
excepcional qualidade, mas não consegue entender os motivos para a escassez de clientes ou
as causas para quem o consumiu, não retornar.

A forma que você se comunica com o seu público-alvo determina muito mais o seu sucesso do
que o valor do produto em si.

Compreender o comportamento e o perfil do seu cliente, se apropriar de informações e a forma
de como aplicá-las, além de buscar sempre atendê-lo da melhor maneira possível são alguns
pontos imprescindíveis ao seu negócio.

Na hora de montar um planejamento estratégico todas elas te ajudam a fidelizar o seu cliente,
uma vez que o mesmo acaba dando preferência àquela empresa que conseguir cativá-lo de
forma mais honesta e moderna.

Mas qual é a real importância desses processos?

É possível entender a importância desses conceitos partindo da ideia que: Todas as interações
dinâmicas de sentimentos e percepções, comportamentos e ambientes pelos quais os seres
humanos conduzem as suas relações de consumo, desde o conhecimento da empresa ou
produto até a decisão final de comprar, são complementares e de vital importância para o seu
negócio.

Existem algumas táticas para que o seu cliente se torne um propagador da sua marca, uma vez
que, ao criar elo com o seu comprador, fazendo-o se sentir importante e sendo bem tratado
durante todo o processo de compra, esse mesmo cliente tende a retoma o uso e divulgar de
forma positiva a sua empresa.

1. Saiba o que as pessoas realmente querem

Sempre inicie através de uma boa e aprofundada pesquisa. Utilizando as ferramentas certas, é
possível entender como o seu público-alvo age e desenvolver as melhores técnicas para
chegar até ele. Sair do achismo é crucial para prosperar.

Existem empresas dedicadas à geração de informações e dados. Basta saber onde procurar e quanto está disposto a dedicar o seu tempo e recursos em recolher informações e filtrar as mais adequadas para auxiliá-lo com os questionamentos que você está buscando solucionar.

2. Busque sempre ouvir o que os seus clientes tem a dizer

  •  Entender como as pessoas enxergam a sua empresa;
  • Como elas se relacionam com os seus concorrentes;
  • Qual o nível de satisfação com o produto ou serviço que chega até elas.

Tomando como base esses exemplos, é possível levantar outros questionamentos para retroalimentar a sua empresa com informações cruciais para otimizar os seus processos internos.

3. Querer sempre atender aos questionamentos da melhor forma possível

O SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) se torna cada vez mais humanizado, com uma tendência mundial impulsionada por Startups e grandes empresas com foco na Internet, como Twitter, Facebook e Google.

Empresas entenderam que o foco de um bom atendimento está em criar um elo sincero com a pessoa do outro lado, muito mais do que só resolver problemas. Para solucionar questionamentos e dúvidas de clientes e prospects, tanto os Bancos Digitais à Distribuidoras de Conteúdo via Streaming de Vídeo estão aplicando com sucesso essas técnicas.

Todas elas podem ser aplicadas, independente se você for um micro empreendedor ou uma grande empresa. Ser bem atendido e sair sem nenhuma dúvida faz a pessoa criar um vínculo com a sua empresa e propagar um Marketing positivo do seu negócio.

4. Mensurar dados recolhidos para sempre otimizar o processo

A tecnologia está aí para auxiliar-nos em todo o processo. A globalização e o avanço da comunicação pela internet nos trouxeram ferramentas capazes de nos munir de informações que são indispensáveis, na hora de tomar uma decisão estratégica.

Todo tipo de dado é possível de mensurar pela internet. Até mesmo se o seu negócio for voltado para o Offline, saber como o mercado vem atuando em diversos locais é ótimo para você se pautar de conteúdos e não se ver no escuro, tomando decisões movidas única e exclusivamente pelo empirismo.

 5. Caso haja a necessidade de mudança, considere-a uma opção, não descarte de imediato.

Tomar algumas decisões arriscadas fazem parte da rotina. Desde modificar algum processo da sua empresa, modernizar a logotipo, contratar um novo funcionário ou até mesmo alguma mudança radical, todas elas precisam ser tomadas ciente das variáveis envolvidas.

É importante frisar que nenhuma decisão pode ser feita sem se ter plena consciência de tudo que pode desencadear essa mudança. Busque reforçar as suas bases de informações e, se preciso for, não tema mudar, se essa mudança lhe fizer colher frutos no futuro.

Dentro do nosso blog, você que é Microempreendedor, pode encontrar outras dicas para evitar alguns erros comuns no controle das suas finanças.