É comum que você gere cobranças e seus clientes, por diversos motivos, não realizem o pagamento até o vencimento. Neste texto, iremos apontar algumas dicas de como evitar esse tipo de situação:

Você presta o serviço ao seu cliente, gera uma cobrança e ele acaba esquecendo de pagar o boleto, fazendo com que você tenha que gerar outra cobrança ou até mesmo receber por outras formas, em um momento posterior ao que você estava contando com o valor. São casos comuns que podem ser contornados de diversas formas, sem necessidade de ser indiscreto com o comprador.

Pensando em diminuir esses casos, selecionamos algumas dicas para que você consiga colocar um ponto final:

1. Acompanhe diariamente o fluxo de pagamentos dos seus clientes
É essencial para evitar atrasos e problemas com pagamentos que seja feita diariamente uma conferência do que tem para entrar de pagamentos e suas respectivas datas de vencimento. Dessa forma você pode sempre conferir se já foi pago ou não e conferir caso seja identificado algum problema com o pagamento ou o seu cliente queira tirar possíveis dúvidas sobre o serviço.

Esta medida é muito boa para realizar previsões de futuros valores que serão importantes para o fluxo de caixa da sua empresa, para pagamento de salários, contas de consumo, cartões, etc.

Para evitar má-fé é bom sempre conferir também aquele seu cliente que informa a realização do pagamento e a informação não consta em sua conta, mesmo depois de você aguardar a compensação e não aparecer nenhuma atualização no sistema.

2. Realize lembretes antes e após o vencimento de suas cobranças
Enviar mensagens de texto ou e-mails aos seus clientes dias antes do vencimento são formas interessantes de não deixar que eles esqueçam de pagar pelos seus serviços. Todos nós possuímos prioridades mas quando você reforça datas ao seu cliente, você coopera para que eles se programem melhor.

Caso aconteça de não realizarem o pagamento de seus serviços, entre em contato via telefone e reforce também por mensagem. Dessa forma, você pode buscar soluções para o motivo do atraso.

A F2b disponibiliza serviços de lembretes para que você consiga sempre manter os seus clientes atentos aos prazos e evitarem qualquer tipo de inconveniente e possível perda do serviço oferecido.

3. Sempre cobre multas em caso de clientes com recorrência em atrasos
Se você costuma ter muitos casos de inadimplência ou atrasos dos mesmos clientes em períodos recorrentes, opte por cobrar juros e multa caso o pagamento seja feito em atraso. São penalidades que fazem com que o seu cliente se programe melhor para não deixar de quitar as pendências, sem sofrer no bolso.

Pela F2b não realizamos protestos automáticos. Porém, se mesmo com multas os seus clientes continuarem a não cumprir com as obrigações, busque o cartório de títulos da sua cidade e se informe sobre o processo.

4. Mantenha um canal aberto de comunicação direta com os seus clientes
Muitos Sacados chegam até a F2b pelo nome que consta no Beneficiário, sem saberem sobre o que se tratam os boletos que eles receberam. Uma forma de evitar que não esqueçam ou optem por não realizar o pagamento é sempre informá-los sobre as formas que você trabalha, se utiliza intermediadores de pagamentos, se é possível negociar cobranças vencidas sem a cobrança de multa e mora, etc.

Quanto mais os seus clientes souberem do que se trata aquilo que recebem, mais eles terão a confiança de que está tomando a decisão correta de adquirir o que está sendo ofertado.

5. Comece a dar descontos aos clientes que prezam por pontualidade
Estude algumas formas de bonificar os seus clientes pontuais, por exemplo, com descontos em futuras cobranças. Os descontos não precisam ser elevados, mas quem sabe um valor representativo, para que nunca deixem de perder a oportunidade. Nós, inclusive, oferecemos na hora em que for registrar as suas cobranças uma forma de colocar diretamente esse desconto para pagamento antecipado até uma data determinada.

Aqueles que não realizarem o pagamento até o dia informado, irão pagar o valor normal até o vencimento. Quem for realizar o pagamento após o vencimento, se for configurado a cobrança de multa e mora, vai ter que arcar com esta penalidade. Imprevistos acontecem e o planejamento é essencial para evitar que esse tipo de situação se repita em todos os meses seguintes.

6. Emita sempre nota fiscal
Além de evitar o crime de sonegação fiscal e todas as complicações que podem ser decorrentes desse caso, a nota fiscal é uma garantia de recebimentos futuros. Caso necessite acionar judicialmente o seu cliente por inadimplência ela também é um documento de extrema importância.

Seguindo estas dicas, você pode começar a notar que diversos casos de inadimplência tendem a diminuir. Sabemos que não há como evitar que todo mundo não passe por situações onde não conseguem arcar com seus compromissos, seja por ausência de educação financeira, por diminuição repentina da renda, ou até mesmo de má-fé podem ser excluídos da sua rotina para que possa dar mais atenção a quem realmente está valorizando o seu produto ou serviço.

Lembre-se que, como todas as cobranças hoje são registradas, o quanto antes forem geradas as cobranças mais isso pode ajudar a também evitar casos de inadimplência. Por conta de alguns bancos realizarem o registro de forma mais demorada que outros, seus clientes podem se queixar e acabarem não pagando o boleto gerado e exigir um novo. Basta informá-lo para aguardar e realizar o pagamento após 2 horas.

Essas e outras dicas, você confere aqui!